segunda-feira, 25 de dezembro de 2006

É Natal, É Natal, tra-la-la-la-la!!!

Pois é! Hoje é dia de Natal!
Há muita gente que não gosta deste dia. Já aqui o Melões torna-se uma verdadeira criança e vive o Natal com a mesma excitação de quando tinha 3 anos!

Tenho que dizer que tive muita sorte com as prendinhas... não houve nada que não gostasse. Para ser uma noite perfeita era só ter comigo a cara metade, e o Natal seria perfeito pois ouviria os sininhos a tocar e os anjinhos a cantar...

Já a minha irmã, mulher feita, bonita e inteligente (embora às vezes não pareça, pois vai dar o nó dentre de uns meses) já não teve a mesma sorte. Se não fosse aqui o je e os papás, teria um Natal catastrófico, a começar pela prenda do Dom Rodrigo, que mais parece um comedor de alfarroba ou aveia, que de presente lhe deu... NADA!!!

Isto não é normal... não pode ser normal... como é que alguém que se vai casar dentro de um par de meses oferece NADA de prenda de Natal? OK, OK, a abécula deu uma desculpa - as despesas do casamento - e eu não mando nas finanças de ninguém... mas o Dom Rodrigo, para não chamar ovos moles, comprou para ele um novo iPod e que eu saiba, não está desempregado nem ganha nada parecido com o salário mínimo.

A minha maninha, sim, essa é uma gaija do Norte que engolui o sapo e lhe ofereceu um Tom-Tom com um sorriso na cara e lhe disse sem desfazer o sorriso: " Espero que usufruas da minha prenda tanto como eu vou usufruir da tua!, mas a minha melhor prenda vai para o Homem da minha vida - o meu Maninho!"

O gaijo já não gosta do Melões pois acha que perverte a irmã (só lhe digo: tu não lhe cozinhes ou prepares o lanche, não lhe laves a louça nem lhe passes a ferro - que o gaijo parece que nasceu no século XIX e está sempre a mandar vir porque a maninha trabalha muito e não lhe prepara as coisinhas), mas de certeza que ficou com um grande melão quando viu as 3 prendinhas que a Maninha deu ao Melões... um casaquinho, um Tom-Tom e um iPod.

Anda lá maninha, põe esse gaijo no sítio, que a mim, cheira-me, que quem tem tomates és tu!

A todos um bom Natal, que eu vou continuar a comer rabanadas. Um bem-haja!

Sem comentários: