sábado, 17 de novembro de 2007

O Guerreiro declara Paz!


Sei que ainda estamos em Novembro e faltam precisamente quarenta e quatro dias para o fim do ano.

Sei como é arriscado fazer balanços de anos por terminar, mas esta noite, dei por mim a fazer o balanço do último ano e senti-me em Paz.

Em paz comigo e com o mundo.

Foi um ano cheio de emoções. Histórias bonitas e menos bonitas. Houve nascimentos e mortes, a grande boda e momentos difíceis.

Acima de tudo, não faltou trabalho, muito que ainda segue. Sim, continuo afogado em trabalho, e no fim deste ano, não sei se Canto de Cisne, aparece por todos os lados.

- No estaminé, condenado a desaparecer, o trabalho cresce, bem como as responsabilidades, um ano a viajar, a organizar conferências aqui e ali, a opinar.
- Na música, os convites, convites para compôr, para dirigir, para cantar…
- No hospital, os novos grupos de trabalho, os doentes em fase terminal, as crianças esquecidas.
- A Cara Metade Mais Que Tudo com novos projectos, aqui e ali que começam a tomar forma…
…e uma vida dividida entre Londres, Madrid e Porto.

Mas, acima de tudo, reconhecimento… reconhecimento não só traduzido em promoção, aumento e bonus, mas também em distinção.

Um reconhecimento público, no estaminé, pelo trabalho feito, pelo apoio dado aos mais novos, pelo trabalho social.
E esta gente, normalmente tão parca em palavras, excedeu-se nos comentários que me puseram aquele brilho nos olhos.
Pareciam as palavras de uma mãe que não vê os defeitos dos filhos. Senti-me querido por todos, e nunca, mas nunca, fiz o meu trabalho para isto. Mas porque gosto de fazer bem, e porque creio profundamente que se não ajudar os outros a melhorar no seu trabalho, não me ajudo a mim.

Pode realmente ser o Canto do Cisne, porque não sei o que o futuro me guarda, mas este ano, depois de passar uma noite sem dormir a reflectir na vida, foi o ano em que olhei para trás e disse:


“Guerreiro, esta Guerra já não é a tua. Venceste finalmente a tua guerra pessoal, e os medos, ansiedades do passado já não estão!
Guerreiro, começaste esta luta como um perdedor, mas finalmente venceste!”

E a pergunta – porquê eu o afortunado? – que me fui pondo durante estes anos, deixou de fazer sentido - Qual o meu papel? – e não há resposta.
A resposta foi olhar à volta e vêr que o mundo que me rodeia é belo, e sou feliz, tenho amigos, tenho amor e tenho a consciência tranquila do dever cumprido. E acima de tudo, apesar de nunca esquecido, tenho o meu “Longo Inverno” passado.

Sim, é Primavera!

E a quem quer que me tenha dado uma segunda oportunidade, aos que caminharam comigo lado a lado até aqui, aos que me fizeram acordar, aos que lutaram comigo, muito obrigado.

Quanto ao Guerreiro, continuará a sua luta, já não com os fantasmas do passado, não consigo, mas lutará por aqueles que precisam porque um dia precisou, e não há nada pior do que ingratidão.

Mas hoje o Guerreiro está em paz!

22 comentários:

Afrika disse...

Acabei de assistir a uma peca de teatro linda... uma opera, um concerto a solo! Primeiro impulso, levantar-me aplaudir euforicamente e gritar BRAVO!
Nao imaginas o contenta que fico em saber que tudo esta bem quando acaba bem... desejo-te muitas primaveras... muitas primaveras!
Desejo-te a melhor sorte do mundo meu amigo!
Beijinhos

Quanto ao convite, pra festas ca tou eu... sim adoraria ir, sem duvida! Diz alguma coisa no mail ou no blogue...

Diabba disse...

Ahhhh finalmente as flores, o sol e o céu azul!

beijos d'enxofre

Melões Melodia disse...

Afrika - Obrigado. Quanto ao encontro dir-te-ei algo mais tarde. A CK e quem o esta a organizar. Tens o link ao lado - A Cilinha.
Beijos

Diabba - nem imaginas como me sinto bem e feliz.
Beijos

Teresa disse...

E eu, que só te conheço sem te conhecer (e é como se te conhecesse) já no despontar da tua merecida Primavera, intuo muito do que foi o penoso Inverno.

Little darling... it's been a long cold lonely winter..., nas palavras inspiradas do meu querido George. And I say it's all right!

(http://www.esnips.com/doc/bfe14ddf-51aa-49e7-a8cf-5dbbfd504303/Beatles---Here-Comes-The-Sun) alojei-a só para ti, é uma das músicas deles que mais me dizem. Here comes the Sun... E veio para ficar.

Outro misterioso encontro de almas, teres posto aqui a Primavera de Botticelli, logo isso.

Beijo muito grande.

125_azul disse...

Parabéns, Guerreiro-menino, em paz, consigo, com o mundo, com o seu tempo. Para te enviar material, diz-me: grupos etários a que se destinam e para onde envio. Nem tudo dá para digitalizar. beijinhos

Melões Melodia disse...

Teresa - foi um Inverno, longo Inverno. As vezes ainda penso como o consegui ultrapassar, mas tenho imenso orgulho por ter sido capaz de o fazer.
E sim, ai vem o Sol. Gostei.
quanto ao Botticelli, esta porque gosto. Nao tive que pensar muito no que queria por.
Um beijo

Azulinha - Obrigado. envio-tre mais tarde um email com a informacao que me pedes.
Um beijinho

Rubrica Brasil disse...

Merecida primavera!
Bj

Cara D'Anjo Mau disse...

Bem haja bravo guerreiro.

Melões Melodia disse...

Rubrica Brasil - Gosto de te ver por ca. Nao respondi aos ultimos emails que ando com muito trabalho.
Beijo

Anjo - Obrigado.
Abraco

Wask disse...

LOL!!!!
realmente as cuecas Calvin Klein passaram-me ao lado da alembradura! Obrigado pelos posts no meu blog e pela divulgacao do encontro. :)

Melões Melodia disse...

Wask - eu faco tudo o que a cilinha mede que ela e uma mulher do norte, carago!
abraco

disse...

Passei por acaso aqui, vinda do Cinzento e disseste neste post tudo o que eu precisava ouvir hoje...estou muito lamechas... estou contente por ti, parece-me que estas onde es preciso, onde queres estar e nao te assusta nao saber para onde podes ir a seguir. De algum maneira, tambem me sinto mais forte.
Vou passar a assidua.
Be :)

amigona avó e a neta princesa disse...

Meu querido amigo, se soubesses como concordo contigo! Acho que não há nada pior do que a ingratidão na relação de duas pessoas... quanto ao resto se soubesses como me fizeste feliz! É tão bom ver-te assim! beijo...

Mocho Falante disse...

E assim vale a pena viver 365 dias...parabéns!

geocrusoe disse...

Bem, por coincidência, quando visito pela primeira vez este espaço, após um exaustivo período de trabalho intenso para tudo deixar organizado antes das férias, eis que vejo um Melão relaxado e em paz com ele mesmo... parabéns, gosto de ver que sem desistir de lutar, gostas de viver e de continuar guerreiro por aquilo que acreditas. Continua assim, mesmo ficando alerta que em todos os caminhos surgem obstáculos imprevistos. Força

calamity jane disse...

Querido Melão,
(sinto-me à-vontade para te tratar assim)
Primeiro que tudo quero dizer-te que gosto de ti. A cada vez que cá vwenho gosto mais um bocadinho. E hoje que vejo aqui a mesma primavera que a minha mãe me ofereceu sob a forma de um caderninho, vindo directamente da linda Florença que só conheço dos livros e dos filmes - sobretudo o delicioso Quarto com Vista sobre a Cidade - sinto um pouco dessa tua primavera como minha. Porque também eu estou a sair do meu longo inverno. E às vezes tenho medo, que a primavera seja sol de pouca dura. Mas outras vezes acredito que é a Primavera, cheia de fadas, deusas e frutas sumarentas q tens aí.
A minha mãe ofereceu-me a primavera qd eu estava grávida da mini-Calamity. Para inspirar a minha gravidez. Aqui ficou um pouco escura, a imagem, mas ela é a grávida mais linda de sempre...
e olha, agora inspiraste-me tu.
Um beijo e que a tua primavera perdure e desemboque num brilhante e quente verão
Ah, e como estamos de encontro na Tugalândia?

Melões Melodia disse...

Be - Bem-vinda. Fico contente que te tenha feito sentir um bocadinho melhor - e quale o mal emser lamechas de quando em vez?
Beijo

Amigona - Obrigado. Se pudesse contagiar os que me rodeiam com a minha felicidade...
Beijo grande

Mocho - e 365 mais
Abraco

Melões Melodia disse...

Geocrusoe - Obrigado. Sempre alerta. Desejo-te uma excelentes ferias na tua outra terra.
Abraco

Calamity - Podes chamar assim a vontade. Va, eu nao penso quando pode acabar esta Primavera porque precisava dela urgentemente. Assim que a saboreio. Faz o mesmo.
Quanto aoencontro,e comecar a sugerir datas.
Beijocas

amigona avó e a neta princesa disse...

Meu querido amigo claro que estamos contra qualquer tipo de violência...mulheres, homens, crianças, animais......mas é verdade que as mulheres são um dos números fortes na estatística (1 em cada 4)...por isso é bom lembrar...ajudar....quem sabe, alguém não sente coragem?
Um beijo e uma óptima semana...

amigona avó e a neta princesa disse...

Hoje como ontem e amanhã: a mesma luta!

125_azul disse...

Guerreiro da paz, onde andas? beijinhos com desejo de dias ok para ti.

Melões Melodia disse...

Amigona - Claro que sim. Optima semana!
Beijo grande


Azulinha - Muito trabalhinho, muita viagem. estive a semana passada no baltico e agora tenho que por os papeis em dia.
Beijinhos
PS - Nao me esqueci que ainda tenho que te enviar um email