quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Outra vez o tempo

Enquanto os Portugueses em geral estão de papo para o ar, a gozar um feriado ou uma ponte bem merecida, eu aqui sigo na minha labuta diária.

Já não sei o que é descansar há duas semanas – sem fins de semana, sem horas de sono, este tempo tem sido complicado.

Liga-me a Cila para mandar vir e desabafar por causa da quantidade de trabalho e leva com o meu relambório, que quando o trabalho aperta parece que ando sob o efeito de speeds; mas isto de estar no estaminé das 7h às 2h tem muito que se lhe diga. Claro, primeiro umas olheiras até ao chão, e depois um humor, que o melhor é não falarem comigo, senão vai resposta torta.

Mas o pior de tudo é a falta de tempo, sem tempo para falar com a Cara Metade, despachar os Papás, não responder aos emails ou comentar posts, nem sequer mostrar o meu apreço pela nossa nova Sprofetora da Blogosfera.

Acima de tudo, não tenho ido ver o John que ontem perguntou por mim e que está mal. Vá lá, o médico disse que o John não chegava a Novembro, mas já cá estamos, e ele connosco.

Para terminar a semana em beleza, amanhã acordar outra vez com as galinhas, ir para o aeroporto, daí para Amesterdão, reunião, comboio para Bruxelas, reunião e regresso a Londres.

Tudo em nome so sacrossanto trabalho que me põe comida na mesa e me paga a renda, mas há já duas semanas que não me deixa estar com amigos, telefornar-lhes ou responder-lhes aos comentários e e-mails como bem merecem.

No meio disto tudo, além da nossa nova Doutora, que por si só é uma excelente notícia, recebi um convite para dirigir uns concertos em Portugal já em Dezembro. Vamos lá ver se consigo um tempinho, porque se tiver que continuar a passar os fins de semana a ter que ir ao rectângulo por razões de trabalho, mas o trabalho for a música, então, podem ter a certeza que o trabalho em excesso não me deixará de mau feitio ou a responder torto e morder quem quer que se aproxime.

Tenho que conseguir este tempo porque tenho saudades de fazer música a sério.

7 comentários:

Anónimo disse...

Esses tipos também exigem de mais,pensam que o pessoal é de ferro,acho que não é tratamento de genteQuanto mais se faz mais eles querem,temos sempre que trabalhar no meio termo,(experiência própria)Quanto aos mails,deixa lá quando tiveres tempo lês,da minha parte não fico aborrecida,tens que ter calma olha que o stess faz mal.Eu até me apetecia ter assim bastante trabalho para variar,mas,com saúde,hoje estou como tu,com grande olheiras a diferença é que quase não me possso mexer,estou apanhada do lado direito todo,problemas de coluna e articulaçóes,é que fico cheinha de frio,já tomei uma bomba um saco de agua quente e um chá quase a ferver tenho esperança que amanhã vou estar melhor.Beijinhos e trata de ti FIFI É verdade essa da música é uma boa noticia.

amigona avó e a neta princesa disse...

Meu querido amigo, se quando estás mal disposto é assim que ficas, não estás mal, não! Não és perigo para ninguém! Vários conheço que com o que aqui contas já tinham partido a louça toda!!!
Aqui te deixo a minha solidariedade eo desejo de que esses tempos passem depressa e possas ter mais tempo - para ti e para a Cara Metade! Nós sabemos que estás aqui e quando temos saudades é só um pulinho! Beijo amigo...

Diabba disse...

Tu deixaste o espírito tuga onde?? Não conheces a nobre instituição da "baixa médica"?

Francamente...

beijo enxofrado

Melões Melodia disse...

FiFi - parece que as coisas andam a acalmar, finalmente. Espero que estejas melhor.
Beijos

Amigona - olha que fico mesmo irritado e a responder torto. O que vale e que passa rapido. Obrigado pelo apoio.
Beijinhos

Diabba - se e esse o espirito tuga nunca o tive, alem disso aqui deve ser dificil conseguir uma baixa sem necessidade.
Beijos

Afrika disse...

Beijinho grande par ti M.
Vais ver k vai correr tudo bem!

AEnima disse...

Que bom! Quer dizer que em Dezembro vens a um jantar com a confraria! Nao escapas :)

Deixa la os comentarios etc etc... a gente percebe! Fico feliz por saber que tens agora uma oportunidade de fazer algo que realmente gostas. Quem sabe isso nao muda o teu rumo.

Forca ai homem... hang in there! :)

Beijo

Melões Melodia disse...

Aenima - Vamos la ver no que isto vai dar. Ver-nos-emos em Dezembro.
Beijos