segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

O concerto e as Cangalheiras

Quinta-feira tive o meu primeiro concerto desta época festiva. Pensei não ter corrido muito bem. No fim do concerto as vozes do coro estavam cansadas, havendo passagens que sairam longe daquilo que eu desejaria. No entanto, a opinião dos presentes, incluindo amigos honestos e despretensiosos, foi que o concerto correu bastante bem, o que me deixou muito feliz.

Claro, logo pensei no que já há muito penso. Nos estranhos vícios de quem estuda e analisa música. De facto, acredito que, normalmente, não são os músicos os que mais disfrutam com um concerto. O seu ouvido educado, sensibilizado para a mais pequena desafinação e diferentes técnicas, leva-os a ouvir os concertos de uma forma demasiado cítica e buscando os erros. Focam-se demasiado no tocar música deixando de lado o ser capaz de fazer música, pois a técnica não aceita erros mas poder-se-á tornar numa música fria sem emoção como um robot que vi há coisa de duas semanas no noticiário da BBC a tocar Pompa e Circunstância de Elgar em violino sem um único erro, mas extremamente chato.

Isto para dizer que acho que se fez música, boa música e que as pessoas sairam felizes e revigoradas.

Sexta-feira, pela manhã bem cedo, parti rumo à capital onde não ia com tempo há um bom par de anos. Visitar colegas de longa data, jantar com os velhos colegas do estaminé, seguido de docas e Lux, numa noite que acabou às sete da manhã.

Os meus planos para sábado foram ligeiramente alterados. Tinha pensado comprar determinadas coisas para as Cangalheiras do Apocalipse, mas os planos sairam-me furados devido a ter acordado tarde e a não ter grande disposição para andar às compras na normal confusão que antecede o Natal. Sendo assim, o meu lado preguiçoso levou-me até ao Ritz, onde, sem confusões, comprei umas belíssimas caixas de chocolates porque nunca gostei de dar o que não gosto de receber, ou seja, porque acho que devo oferecer o que realmente gosto.

Regressei ao hotel para uma sesta e onde às vinte horas a minha amiga Famosa me foi buscar para ir conhecer outras duas cangalheiras, num jantar já há muito programado.

Claro, a minha amiga Famosa, devido a não saber segurar na mangueira, fez com que, pelo caminho, levasse um banho de gasóleo. Chegados ao restaurante, sentámo-nos à espera da Letrada e da Excomungada (que chegaram por ordem inversa), dado que a Emigra, infelizmente, não pôde comparecer.

As minhas expectativas sairam completamente acertadas e o jantar correu lindamente, perfeito diria eu, não fosse o sujeito que martelava num piano o mais variadíssimo repertório, com fabulosas variações que tornavam as famosas melodias irreconhecíveis. Gostei imenso dos presentes trocados, fiquei pasmado com as qualidades do Excomungado, e muito curioso com o livro oferecido pela Letrada.

Mais tarde, ainda pensando neste belo jantar, dei a mão à palmatória, eu que pensava que a blogosfera não serviria para conhecer pessoas. Ali à mesa estavam sentadas quatro pessoas, todas muito diferentes umas das outras, que dificilmente se viriam e conhecer, não fosse este estranho mundo dos blogues (excepção feita à Famosa, amiga de longa data).

A Letrada, fruto de uma vida social intensa, não deixa a conversa esmorecer e tem sempre alguma história divertida a contar. A Excomungada, atenta e extremamente perspicaz, mais ouvinte que contadora de histórias, mas sempre com comentários pertinentes no momento certo. A Famosa, natural conversadora, sem problemas em abrir o coração e expôr alegrias e tristezas, corajosa e olhando sempre em frente...
E as três tão diferentes, tão simpáticas e interessantes tornaram o jantar muito agradável, que as horas foram voando até bem depois da uma da manhã.

No dia seguinte, a amiga Famosa, foi-me buscar ao hotel, oferencendo-me almoço e lanche, enquanto eu me deliciava com a Maria Albertina até ao meu ataque de alergia.

Cheguei ao comboio e dormi até Coimbra para me preparar para mais uma semana de ensaios e concertos.

Para trás ficou um fim de semana interessante em que pus cara a quem até então só conhecia através deste mundo estranho que nos une através da rede.

E não fiquei desapontado.

29 comentários:

Afrika disse...

Muito bem... adorei as fotos! (very nice smilies lol)
Boas ferias.

Anónimo disse...

Fiquei ciúmenta, pois que o pessoal que alimenta este blog não são apenas quatro pessoas,um almoço com todos ou quase todos seria qualquer coisa de espectacular, ai as diferenças seriam muitas e de certeza que ficarias com um grande melão ao conhecer tantas e tão diferente,Em 2008 tens que alongar esse almoço,queremos saber quem é este Melão tão cheio de qualidades.Beijinhos da FIFI

Diabba disse...

Eu até ia comentar... mas ... grrrr não, não é o momento, ainda digo o que não devo.

beijo enxofrado

Nota: não, não é nada ctg.

AEnima disse...

Olha ele tambem tem acentos e cedilhas :)

Lindo, da um apito quando estiveres pela Invicta para darmos 2 dedos de conversa ao sabor de um fino ou coisa assim. Beijinho.

Melões Melodia disse...

Afrika - ai andas a cuscar nos outros blogues - estavamos sorridentes, nao estavamos?
Beijos

FiFi - Sabes que isto nao foi bem um jantar de bloggers - afinal ja conhecia uma pessoa de longa data que ja conhecia as outras duas senhoras. Nao e preciso ficar ciumenta por isso.
Beijo

Diabba - que cuspideira de enxofre me saiste!!! hihihi
Beijos

Aenima - tenho, quer dizer - agora mesmo nao tenho porque estou no servidor ingles (isto e, teclado portugues e processador ingles) - temos que combinar esse copito, provavelmente quando a Famosa vier ca acima.
Beijos

125_azul disse...

Ai que imbeja das Cangalheiras!!! Agora não tens desculpa: queremos-te cá no dia 27!!! Prometo que te fazemos muitos miminhos, vamos buscar-te ao comboio, oferecemos casa, sopinha e uma visita à Positivo para te mostrar o trabalho que fazemos com seropositivos. Além disso, levas o material para os meninos de Londres (chega como suborno?).
Não te esqueças de trazer a reboque a Cila, este ano parece que ela se quer baldar. Beijinhos

Melões Melodia disse...

Azulita - Vamos ver o que se pode fazer, se bem que me tentas com a visita a Positivo.
Vou ver como fazemos e se a Cila vem comigo, mas ainda nao estou a ponto de prometer nada.
Beijocas

Teresa disse...

Vida social intensa? Essa só pode ser para rir! Onde foste buscar tal ideia?!
Já tive, já - mas hoje é casa e trabalho o tempo todo, com raríssimas excepções para estar com pessoas que valem a pena. O que foi exactamente o caso.

Um grande beijo!

geocrusoe disse...

Acabei o meu período de férias e imediatamente comecei a enfrentar o inverno ilhéu e o trabalho, logo alguém começou a relatar o tempo ganho a fazer coisas interessantes: cantar, conviver e trocar prendas; mas é bom saber que mesmo sendo uma amizade "blogosférica", os amigos estão a divertir-se. Aproveita, aliás o bem dos outros também é bom para mim.

Diabba disse...

Ehhh páhh coitadinho do sinhor... todos o acusam de martelar o piano, eu não notei nada, têm a certeza que não é defeito vosso?? Eu tenho estas lindissimas e ponteagudas orelhas, muito sensíveis e não notei mesmo nadinha!

Não percebi, a Famosa não sabe segurar na mangueira e tu não a ensinaste porquê?? Amigo da onça é o que tu és. Já não se fazem amigos que dão lições de "como usar convenientemente a mangueira" como antigamente. pffffff

Posso saber o que te fiz para me estares a estragar a reputação? Sou simpática?? Eu?? Tudo torpes mentiras, que contas só para me amofinar!

Só por causa disso vou rogar-te a praga da queda dos dois dentes da frente. Grunfff

beijo d'enxofre

calamity jane disse...

aiaiaiaiaiaiaiai!!!!!!!

calamity jane disse...

e digo mais: aiaiaiaiaiaiaiaiai!!!!

calamity jane disse...

e mais não digo

Melões Melodia disse...

Teresa - Nao disse quando tera sido essa tua vida social intensa. Hoje ou no passado, de qualquer forma ainda tens tempo para uns almocos ou jantares.
Beijo grande

Geocrusoe - Bem-vindo! Espero encontrar-te revigorado.
Um abraco.


Diabba - pelos vistos as minahs orelhas sao ainda mais pontiagudas o diabba simpatica e generosa!!! por isso nao venhas ca discutir musica coa malta!
Beijocas

Calamity - doi-te alguma coisa?
Beijos

greentea disse...

grandes affaires que por aqui vão ...


mas vale a melodia

Diabba disse...

Podes despedir-te dos dentes da frente!

Grrrr

Melões Melodia disse...

Greentea - nem tu imaginas!
Beijos


Diabbita - a simpatia em pessoa!
Beijo

AEnima disse...

Melões, se fores ao jantar de 27, que tal juntar a malta do Porto e irmos de carro? Estava a pensar nisso uma vez que ainda devo estar a recuperar do meu pós-operatório que se complicou e por isso ter dificuldades em passar lá a noite a andar de um lado para o outro e dançar. De carro se calhar facilito os movimentos. Fica a sugestão. Bj

Melões Melodia disse...

Aenima - eu estou a pensar ficar a semana toda em Lisboa com a cara metade, so ainda nao me decidi em que dia vou, ja que a cara metade so vai dia 28. De qualquer forma, se for de carro, nao regresso nesse dia (ou seguinte).
Manda-me um mail com o teu numero de telefone
Beijos

Actriz Principal disse...

Só tenho uma coisita a dizer: eu SEI segurar na mangueira, ok? O problema era não me recordar de que lado do carro é que estava a entrada do depósito, tá?
Humpf!

E não imaginas o ataque de alergia que a Tininha teve mal foste embora... acho que a bichana é alérgica a Melões...

Beijos!

chiqui disse...

Bem... tenho que admitir que tambem tou um bocatido inbejosa das calgalheiras. VAMO LA A IR A LISBOA SR MICHAEL MELLONS...e traz a CK e a Aenima contigo.
Diz que vai ser uma grande farra. Eu acredito :))

bjos grandes e um Natal muito feliz para ti

Melões Melodia disse...

Actriz - Ai nao sei nao, isso nao foi o que eu vi! Quanto a alergia, se tomasses banho, a gatinha nao sofreria tanto.
Beijos

Chiqui - Nunca imaginei criar tanta inveja a tanta gente - xiiii - Ja ca estas?
Eu estou a tentar organizar a minha vida para descer a capital
Beijos

calamity jane disse...

E nós um bando de blogo-imbejosas a querer pôr-te a bista em cima, a bem dizer!Bê lá agora se nos desiludes... bêjos
Merry coiso e tal e não te desejo bom ano por motivos ÓBVIOS

amigona avó e a neta princesa disse...

Então não é que ontem estive aqui, li os comentários, visitei as amigas que estiveram contigo e depois fui embora sem comentar!!!!

Adorei ler as notícias do vosso jantar, sorri com os presentes (com que então chocolates?!)e conheci os teus projectos...meu querido amigo deixa-me dizer-te o quanto gostei de te "conhecer" e desejar-te muita Paz, muito Amor, muito Carinho...e não esqueço a cara-metade!
Obrigada meu querido amigo, conhecer-te foi uma das prendas de 2007!
Um abraço...

Mocho Falante disse...

viva

antes de partir vim deixar-te um grande abraço e votos de umas festas felizes

abraços

Anónimo disse...

Eu sei que andas muito ocupado com o concerto,antes de partir para a Marisol,vim desejar-te um Natal calmo em paz e sem stess,acho que até vais adormecer antes de chegar o Pai Natal,de tão cansado que estás.Um beijinho da FIFi e não te esqueças de ler o meu mail e como é Natal cá vai uma prenda e o outro abrir antes do Natal.Boas Festas

caditonuno disse...

bom natal e cuidado para nao abusares nos doces nem comeres muito plum pudding!

Melões Melodia disse...

Calamity - um excelente Natal para ti também.
Beijo grande

Amigona - Sei como é a correria destes dias. Um beijo amigo se um feliz Natal para ti e para os teus.

Mocho - espero que passes um excelente Natal onde quer que vás.
Diverte-te.
Um abraço

Melões Melodia disse...

Fifi - Um santo Natal para ti e família.
Um beijo

Caditonuno - felizmente sou magrinho, assim sendo posso empanturrar-me de doces.
Um feliz Natal.
Abraço